Olá. Percebemos que o seu navegador está desatualizado.
É preciso utilizar um navegador atualizado para correta experiência dentro do site. Abaixo sugestões de uso dos principais navegadores:
Google Chrome Mozilla Firefox
Hello. We noticed that your browser is out of date.
You must use an updated browser for the correct experience within the site. Below are suggestions for using the main browsers:
Google Chrome Mozilla Firefox
Hola. Notamos que su navegador está desactualizado.
Debe usar un navegador actualizado para la experiencia correcta dentro del sitio. A continuación hay sugerencias para usar los principales navegadores:
Google Chrome Mozilla Firefox

Tendências em Personal Care: Os impactos sobre os aspectos técnicos das formulações

Publicado em: 16 novembro, 2021.

Pode-se dizer que não existe um mercado tão dinâmico quanto o de cosméticos e produtos de higiene pessoal.

O consumidor está ávido por inovação, motivando as empresas a serem cada vez mais ágeis e preparadas para o lançamento de novos produtos em curtos períodos. Esse ritmo acelerado impacta toda a cadeia: a indústria de ingredientes, principalmente, precisaestar preparada para atender o mercado com a mesma agilidade.

Além disso, a indústria, seja de matéria-prima ou produto final, precisase adaptar continuamente a novos cenários. O melhor exemplo é a pandemia de COVID-19. O novo normal provocado pela pandemia afetou e mudou significativamente os hábitos de consumo, forçando a indústria a se adaptar e responder rapidamente a essas mudanças.

Como fornecedora de ingredientes, a Oxiteno entende a relevância de seu papel em ajudar seus clientes a inovar e atender  um mercado consumidor cada vez mais exigente.

A lista abaixo traz algumas das principais tendências desse mercado e mostra como a Oxiteno trabalha para atendê-las.

1 – Ética, transparência e integridade

A transparência será, na verdade, um dos maiores impulsionadores da indústria de cuidados pessoais nos próximos anos. Uma pesquisa da Mintel sobre cuidados com os cabelos aponta que, particularmente no cenário pós-COVID-19, “os consumidores exigirão foco na segurança, eficácia e transparência. Eles procurarão produtos seguros e eficazes, pois sua saúde e higiene pessoal são as principais preocupações. Isso leva a uma maior demanda por transparência e evidências científicas para apoiar as reivindicações. As pessoas vão cuidar de si mesmas e do meio ambiente, então os conceitos de sustentabilidade e limpeza irão evoluir ”.

Também alinhado à transparência, e ainda de acordo com a Mintel, o conceito Clean Beauty se tornará o novo padrão. Mintel diz, “no futuro, a indústria da beleza limpa será apenas a indústria da beleza”. Como resultado, as empresas se esforçarão para acompanhar os princípios de clean beauty, principalmente em relaçãoa fórmulas minimalistas, segurança e eficácia.

A Oxiteno está totalmente comprometida com esses movimentos de mercado. Os conceitos de Ética, Transparência e Integridade constituem um dos oito pilares do novo plano estratégico de sustentabilidade da Oxiteno para 2030, que tem como objetivo sustentar a cultura da ética e do cumprimento da integridade e transparência da gestão. Outro pilar – Segurança do Produto – visa desenvolver produtos mais seguros para as pessoas e para o meio ambiente e fornecer aos clientes suporte na utilização dos produtos e especificações de produtos com tecnologia de ponta.

2 – Minimalismo

A Euromonitor identificou o minimalismo ou a chamada tendência “Vidas limpas” como uma das 10 principais tendências de consumo globais desde 2018. Consumidores de todas as idades querem viver com menos e essa força de tendência está moldando as formulações de cuidados pessoais, que estão se tornando cada vez mais enxutas , no sentido de que permanecerão nas formulações apenas os ingredientes essenciais que efetivamente desempenham um papel no resultado.

Pensando em um chassi de surfactantes para um shampoo, por exemplo, a interação e sinergia entre os tensoativosé fundamental para a entrega de resultados. Assim, o conhecimento das propriedades físico-químicas, desempenho, suavidade, perfil de espuma e resposta ao espessamento de surfactantes individuais é importante, mas muito mais relevante para o desenvolvimento de formulações é o conhecimento das sinergias e dos efeitos combinados de váriostensoativos.

Muitas vezes vemos que o excesso de ingredientes apenas aumenta o custo da fórmula, sem adicionar benefícios perceptíveis na aplicação. É nossa intenção ajudar nossos clientes a evitar essa armadilha complicada.

Ingredientes que desempenham uma série de funções são ferramentas importantes para que os formuladores tenham sucesso nessa tarefa de desenvolver formulações minimalistas. Ao mesmo tempo, ao simplificar as formulações e torná-las multifuncionais, aumentamos a comodidade para o consumidor, reduzimos o consumo desnecessário, o desperdício de materiais e o impacto ambiental.

OXIFLOW® S 6800 (um modificador reológico), OXISENSE® S 0440 (um agente condicionante inovador sem silicone) e a linha OXISMOOTH® (emolientes verdes) são exemplos de soluções multifuncionais do atual portfólio de Home & Personal Care da Oxiteno. Múltiplas combinações desses ingredientes podem criar produtos de higiene pessoal diferenciados , transparentes e suaves para as categorias de pele, banho e cabelos.

3 – Customização e personalização

Há um interesse crescente dos consumidores nacustomização e personalização. Os clientes desejam exclusividade; além disso, eles também querem participar da produção de seus próprios produtos de higiene pessoal.

Inteligência Artificial (IA) e Ciência de Dados são exemplos de novas tecnologias que auxiliam no desenvolvimento de formulações sob medida para cada tipo específico de cabelo ou pele.

De acordo com a empresa de inteligência de mercado Factor Kline, desde 2018 a customização de produtos e serviços surge como uma forte tendência mundial em cuidados pessoais. “Devido à saturação do mercado e à entrada exaustiva de novos produtos e marcas, o lançamento de cosméticos e produtos de higiene pessoal é cada vez mais competitivo. Como resultado, as marcas estão se voltando para a personalização para focar diretamente nas necessidades e desejos do consumidor ”.

Nesse sentido, o desenvolvimento de fórmulas concentradas é uma forma de dar aos clientes a oportunidade de se engajarem nessa experiência do tipo “Faça Você Mesmo”. Partindo de um chassi único e concentrado, com base nos surfactantes essenciais, emulsificantes, intensificadores de espuma e agentes de consistência, os consumidores podem então adicionar ingredientes específicos, combinar fragrâncias e ativos que irão diferenciar e personalizar a formulação de acordo com suas necessidades e características de cabelo e pele .

O papel dos modificadores reológicos (como OXIFLOW® S 6800) e surfactantes de alto conteúdo ativo (ALKOPON® NS ECO) é a chave para o desenvolvimento de fórmulas concentradas. A Oxiteno oferece ingredientes que permitem formulaçõesconcentradas para que os clientes se engajem e atendam a esse princípio “faça você mesmo”.

4 – Sustentabilidade

A sustentabilidade se tornou obrigatória para a prosperidade dos negócios. A Oxiteno acredita que é possível equilibrar prosperidade econômica, proteção ambiental e atendimento às necessidades da sociedade. O plano estratégico de sustentabilidade 2030 da Oxiteno se propõe a contribuir para o bem-estar das pessoas por meio da química.

Em 2019, a Oxiteno revisou sua abordagem de sustentabilidade para melhor tratar os aspectos sociais, ambientais e econômicos no desenvolvimento de soluções e em suas operações. O plano estratégico de sustentabilidade da OXITENO para 2030 é baseado em oito pilares:

  • Financeiro
  • Ambiental
  • Segurança do Produto
  • Cadeia de suprimentos
  • Segurança
  • Ética, Transparência e integridade
  • Funcionários
  • Portfólio de produtos

O Portfólio de Produtos é um pilar fundamental da estratégia de sustentabilidade e tem como objetivo principal gerar um impacto ambiental e social positivo, desenvolvendo soluções alinhadas às necessidades da sociedade, em parceria com os clientes. Os capacitadores para desenvolver soluções que tragam um impacto ambiental e social positivo são:

  1. Impacto Ambiental Reduzido:

Nos últimos anos, observamos uma tendência crescente de consumidores em busca de um estilo de vida mais saudável. Embora nem sempre estejam certos, os consumidores associam uma vida saudável ao consumo de “produtos naturais”, enquanto os produtos sintéticos são considerados potencialmente prejudiciais à saúde. Consequentemente, essas percepções têm aumentado a demanda pelo uso de ingredientes naturais e / ou derivados naturais, principalmente aqueles derivados de plantas e outras fontes renováveis, em produtos cosméticos.

A Oxiteno acredita em abordagens mais holísticas e abrangentes para desenvolver soluções com menor impacto ambiental. Uma dessas abordagens é a Avaliação do Ciclo de Vida (ACV), usada como principal ferramenta para avaliação de sustentabilidade e desenvolvimento de novos produtos. ACVajuda a entender o impacto de nossas inovações em diferentes atributos ambientais, não apenas durante a produção, mas também durante sua fase de uso.

A Oxiteno está comprometida com o uso de óleo de palmiste certificado e desde 2010 é membro da RSPO – Mesa Redonda sobre Óleo de Palma Sustentável. A Oxiteno certificou todas as instalações de produção no Brasil, México, Uruguai e EUA, bem como seu escritório europeu na Bélgica, e está preparada para oferecer produtos certificados RSPO Mass Balance mediante solicitação dos clientes.

Por fim, mas não menos importante, o desenvolvimento de soluções biodegradáveis ​​com impacto ambiental reduzido é uma meta contínua da Oxiteno. Atualmente, 51% das soluções do portfólio de HPC são prontamente biodegradáveis.

  • Uso eficiente de recursos:

No que se refere ao uso eficiente de recursos, a Oxiteno aposta no desenho de soluções que possibilitem a minimização de desperdícios e a redução de custos:

  • Soluções processáveis ​​a frio, para economizar energia
  • Soluções concentradas, para reduzir o material de embalagem e resíduos
  • Soluções de origem 100% natural e conforme ISO 16128. (ISO 16128 afirma que um produto é natural se contém pelo menos 50% da molécula de origem natural).

Algumas das soluções sustentáveis ​​da Oxiteno são:

  • ALKOPON® – álcoois graxos sulfatados
  • OXIFLOW® – modificador reológico
  • OXISMOOTH® – emolientes verdes
  • OXIZYMES® – combinação de surfactantes e enzimas
  • ALKONAT® – álcoois graxos
  • GLUCOSURF® – alquilpoliglucosídeos
  • GLICEPOL® GMS – ésteres de glicerol

Água

Entre os recursos naturais do nosso planeta, a água é o que apresenta maior ameaça de escassez. Os principais problemas envolvem não apenas a disponibilidade, mas também a qualidade do abastecimento de água no mundo. Atuando no segmento de Higiene Pessoal, onde o uso da água é intrinsecamente necessário como solvente e veículo de formulação, a Oxiteno acredita que o desenvolvimento de formulações líquidas mais concentradas, formulações na forma sólida ou em pó, que utilizem menos água e / ou que permitem um enxágue mais rápido é cada vez mais importante como uma resposta da indústria a esse problema global.

Um exemplo curioso de como a preocupação com a escassez de água está refletindo em novos formatos de produtos de Higiene Pessoal é o crescente interesse por sabonetes em barra. Apesar de todas as tentativas de substituição por líquidos, os sabonetes em barra sobreviveram – pelo menos em alguns países em desenvolvimento como o Brasil – e agora estão voltando à moda mundialmente como uma solução verde concentrada que, além disso, não exige qualquer embalagem de plástico.Ademais, estamos observando a forte influência dos sabonetes em barra no desenvolvimento de shampoose condicionadores de cabelo inovadores em formato de barra sólida.

c. Uso de matéria-prima natural:

A Oxiteno está comprometida com normas e padrões globais relacionados à sustentabilidade em toda a cadeia de valor, com foco em matérias-primas renováveis. Atualmente 16% das soluções de Home & Personal Care são de origem 100% natural; 34% das soluções estão em conformidade com a ISO 16128 e 60% são de base natural (contêm matérias-primas naturais).

A Oxiteno também está empenhada em aumentar sua gama de ingredientes certificados COSMOS, o padrão mais utilizado na Europa. Exemplos de ingredientes certificados COSMOSEcocert são os emolientes verdes da linha OXISMOOTH® e também o álcool graxo ALKONAT® 1618 C30 P MB da Unidade Oleoquímica.

Química verde

A Química Verde é uma dos pilares de inovação da Oxiteno, abrangendo iniciativas voltadas para o uso de matérias-primas e produtos finais mais verdes. A Oxiteno definiu alguns facilitadores importantes para este pilar de química verde:

  • Novas possibilidades para os assets: a diversificação e combinação de produtos e tecnologias atuais, para aumentar o desempenho e maximizar os fluxos de receita.
  • Matérias-primas verdes: melhoria do teor de carbono renovável de nossas matérias-primas, reduzindo impactos de nossos fornecedores e impacto geral de nossos produtos.
  • Totalmente renovável: desenvolvimento de soluções a partir de fontes 100% renováveis ​​dentro das cadeias de valor da Oxiteno.
  • Biossurfactantes: adoção da biotecnologia para entregar novas soluções de surfactantes com pouco ou nenhum impacto ambiental. A título de exemplo, um Laboratório de Biotecnologia foi instalado em Mauá no final de 2019, e o desenvolvimento de biossurfactantes a partir da glicerina está previsto para começar em 2021.

EcoVadis 

Em 2020, a Oxiteno tornou-se a primeira indústria química brasileira a firmar parceria com a EcoVadis, empresa líder global em avaliação de sustentabilidade da cadeia de suprimentos. A plataforma EcoVadis permitirá à Oxiteno monitorar, avaliar e comparar proativamente o desempenho de seus fornecedores nos principais temas da sustentabilidade, além de colaborar para que sejam traçados planos de melhoria com nossos parceiros.

A aliança tem o objetivo de impulsionar a excelência em toda a cadeia de suprimentos da Oxiteno. O objetivo é garantir que as soluções da Oxiteno reflitam, em todas as etapas, o compromisso com a promoção da sustentabilidade e a criação de relacionamentos comerciais estáveis ​​e de longo prazo com seus parceiros.

A metodologia da EcoVadis foca em 21 critérios de sustentabilidade e é baseada em iniciativas mundialmente reconhecidas, incluindo: Organização Internacional do Trabalho (OIT), Pacto Global da ONU, Global Reporting Initiative (GRI) e ISO 26000. As avaliações estão ocorrendogradativamente, em uma interface disponível em dezenas de idiomas, desde o início de agosto de 2020. Os critérios levam em consideração o porte e o negócio da empresa e se dividem entre os pilares meio ambiente, direitos humanos e trabalhistas, ética e compras sustentáveis.

Em relação à sustentabilidade, a Oxiteno reconhece que há muitos desafios pela frente. É claro que as decisões corretas tomadas hoje certamente ajudarão a criar um futuro mais sustentável.

5 – Funcionalidade e entrega de benefícios

Os claimsde eficácia são importantes motivadores de compra.

O consumidor espera que os produtos de higiene pessoal entreguem funcionalidade e experiências sensoriais, e que as afirmações expressas no rótulo se tornem realidade quando o produto for aplicado. A Oxiteno acredita na aplicação de sólidos conhecimentos em físico-química, aliados à avaliação laboratorial, testes in vitro e estudos clínicos para validar os resultados da triagem e endossar o desempenho do produto antes de entregar novas fórmulas ao mercado. A opinião do consumidor é sempre a última, mas é preciso muito trabalho nos bastidores antes do lançamento de um novo produto.

A Oxiteno possui Centros de Pesquisa no Brasil, México, Estados Unidos e Uruguai. Formados por profissionais altamente capacitados, nossos laboratórios se dedicam exclusivamente à Pesquisa e Desenvolvimento. Todas as capacidades técnicas da Oxiteno são disponibilizadas aos clientes para o desenvolvimento e avaliação de novos produtos antes da etapa de avaliação no mercado.

Para apoiar o desenvolvimento de novos produtos, fundamentar as reivindicações de produtos e ingredientes e ajudar os clientes com soluções sob medida, a Oxiteno conta com modernas estruturas de laboratórios físico-químicos, analíticos e de aplicação, e está totalmente comprometida com investimentos contínuos em equipamentos e recursos humanos.

Além dos recursos internos, a Oxiteno estabeleceu uma sólida rede com universidades e institutos de pesquisa em todo o mundo para complementar nossos testes e análises de ingredientes cosméticos e produtos acabados.

6 – Custo-benefício

Mesmo que o consumidor esteja disposto a pagar mais por produtos com desempenho superior, em um cenário de recessão global pós-COVID 19, o preço deve se tornar um diferencial importante, principalmente para marcas com foco no mercado de massa.

A Oxiteno acredita na utilização de capacidades técnicas e ferramentas para a seleção e combinação dos ingredientes certos para entregar produtos de higiene pessoal com o melhor custo-benefício.

7 – Suavidade

Inicialmente restrita a shampoospara bebês ou crianças, a suavidade das formulações é atualmente um atributo obrigatório não só em Cuidados com os Cabelos, mas também para toda a categoria Bath & Shower.

As formulações devem garantir as funções de limpeza e condicionamento, que devem estar associadas ao menor potencial irritante possível para a pele e os olhos. Alguns nichos de formulação em particular requerem mais suavidade, como shampoos para cabelos afro ou cacheados (geralmente mais sensíveis e frágeis) e para cabelos tingidos (às vezes com o claim de “proteção de cor”).

A suavidade é o resultado do tipo e da combinação de surfactantes na formulação. Cabe aos formuladores de cuidados pessoais, portanto, aplicar conhecimentos de formulação para associar adequadamente os surfactantes de modo a obter formulações seguras para a pele e para os olhos.

A sinergia entre os surfactantes não iônicos e anfotéricos tem um impacto não apenas na suavidade, mas em muitas outras propriedades observadas nas misturas de tensoativos; em particular, há impactos na tensão superficial, na concentração micelar crítica e nos efeitos resultantes de propriedades físicas e químicas, como formação de espuma, viscosidade e detergência.

Outras estratégias, como a combinação de polímeros e surfactantes, também têm grande impacto na suavidade. A Oxiteno está preparada para oferecer aos clientes um amplo portfólio de tensoativos e especialidades, além de suporte técnico para o desenvolvimento de formulações otimizadas e suaves.

8 – Evolução Regulatória

Referência mundial em surfactantes e especialidades químicas e maior produtora de etoxilados das Américas, a Oxiteno trabalha continuamente na otimização de processos para garantir a produção de ingredientes confiáveis ​​e seguros, em conformidade com todos os aspectos regulatórios da indústria de Higiene Pessoal.

Nos EUA, nossos recursos incluem a melhor tecnologia de alcoxilação da classe para garantir segurança e excelente desempenho ambiental. A unidade segue rigorosamente as normas de segurança e regulamentares e oferece materiais de alta pureza, além de um serviço completo de customização sob demanda.

Nossa fábrica em Pasadena é capaz de produzir tensoativos etoxilados com níveis muito baixos de 1,4-dioxana (<1 ppm), que são fundamentais para que nossos clientes desenvolvam formulações que atendam às novas restrições de limite, de acordo com a lei do estado de Nova York que foi assinada em dezembro de 2019. Estabeleceu-se que produtos de higiene pessoal e produtos de limpeza doméstica não devem conter mais de 2 ppm de 1,4-dioxana até o final de 2022 e não mais de 1 ppm até o final de 2023. Para produtos cosméticos , o limite é de 10 ppm até 2022.

Esta nova lei afetará significativamente o mercado de HPC nos Estados Unidos, refletindo no mercado global. A indústria de surfactantes também precisará fornecer soluções para ajudar os clientes a cumprir essa nova lei. Os fornecedores de ingredientes precisarão oferecer solução completa aos clientes, não apenas com surfactantes com níveis muito baixos de 1,4-dioxana, mas também com formulação e know-how regulatório para ajudar os clientes a reequilibrar as formulações de modo aatender às novas restrições de limite.

Os shampoos para cabelos são uma categoria de mercado especialmente afetada, pois esses produtos são muito concentrados em surfactantes. Altos níveis de surfactantes aniônicos, como lauril éter sulfatos de sódio e outros tensoativos não iônicos etoxilados podem ter um teor mais alto de 1,4-dioxana. Por exemplo, a concentração típica de mercado de 1,4-dioxana em lauril éter sulfatos de sódio (SLES) é 30-50 ppm. As formulações de shampoo em geral contêm entre 8 – 20% de SLES; portanto, o SLES contribui com 2,4 – 10 ppm de 1,4-dioxana na formulação final, que está acima das novas restrições de limite (1 ppm).

Os mercados de cuidados pessoais, cuidados domiciliares e surfactantes precisarão trabalhar juntos para encontrar soluções que possam atender a essas novas restrições. A Oxiteno está preparada para trabalhar em colaboração com seus clientes, dando suporte no projeto de formulações, assessoria regulatória e soluções sob medida de acordo com as necessidades dos clientes, auxiliando-os no desenvolvimento de soluções que atendam à nova legislação.

Mais conteúdos dessa categoria
Leia todas as notícias